Seta

Tragédia: o mal do nosso tempo

A fonoaudióloga Glorinha Beuttenmüller lançou seu novo livro – Tragédia, o mal de todos os tempos – no Salão Nobre do Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio. A edição é fruto de uma parceria entre a Instituto Montenegro e Raman de Teatro e a Alerj. O livro, que ensina como lidar com essas emoções e proteger a voz, é dirigido às pessoas que fazem da voz um instrumento de trabalho, como atores, políticos, cantores, comunicadores e líderes, entre outros.

Glorinha Beuttenmüller desenvolveu um método próprio de trabalhar a voz, baseado nas sensações e vibrações do som. Esse método foi desenvolvido por ela através de trabalhos realizados com surdos e mudos, na década de 60. Empolgada com novas descobertas de seu método e trabalhando separadamente o sentimento da tragédia, Glorinha teve a idéia do novo livro, também serve para como um manual de bem estar no dia-a-dia de qualquer pessoa. Glorinha Beuttenmüller – perfil Maria da Glória Cavalcanti Beuttenmüller é terapeuta da fala. Foi uma das primeiras pessoas no mundo a sustentar que devemos falar com o corpo inteiro. Trabalha há mais de 40 anos com vozes de atores, jornalistas, locutores, oradores, juristas, políticos e professores de todo o Brasil e do exterior. Durante 18 anos, Glorinha Beuttenmüller foi fonoaudióloga exclusiva da Rede Globo de Televisão, ensinando e aprimorando a colocação da voz para atores e atrizes.

Atualmente ela presta atendimentos individuais e promove cursos regulares de impostação de voz e fala na comunicação, no telejornalismo, na dramaturgia e no telemarketing. Tem também turmas para tratar de problemas de gagueira e dá palestras em empresas e instituições de ensino. Entre seus mais de dez livros publicados, destacam-se Você sabe falar? (1961); Expressão oral. Integração do cego à sociedade (1968); Ortofonia e Ortodontia – Duas ciências unidas para o êxito de um trabalho (1971); Método espaço-direcional. Dicção, plano de disciplina; Voz e respiração (1973); Locução e TV (1976) e O despertar da comunicação vocal (1995).

Apesar de ter concebido e começado a aplicar seu método entre 1960 e 1961, Glorinha só o registrou em 1972, mesmo ano em que publicou (em parceria com Nelly Laport) o livro Expressão vocal – Expressão corporal, no qual reforça a tese de que o ser humano deve se comunicar com o corpo inteiro. Como reconhecimento por suas descobertas e pesquisas ao longo dos anos, Glorinha Beuttenmüller recebeu vários prêmios. Entre eles, o Prêmio Rosa de Prata (1970), Diploma da Federação das Escolas Federais Isoladas do Estado do Rio de Janeiro (1976), Prêmio Golfinho de Ouro (1976), Prêmio Estácio de Sá (1977), Destaque pela Classe Teatral do Museu da Imagem e do Som (1977), Troféu Rádio Mec (1986), Prêmio Shell de Teatro (1998) e Prêmio Voz Ativa (2002).

O Instituto Montenegro e Raman de Teatro é uma sociedade civil, sem fins lucrativos, com a finalidade de promover e incentivar atividades de caráter cultural no campo da pesquisa, reflexão e promoção das fontes que alimentam a cultura e, em especial, o teatro brasileiro. “O objetivo do Instituto é criar possibilidades de disponibilizar para todas as pessoas interessadas em teatro, principalmente os artistas, o maior número de informações possível. Com este projeto, oferecemos um importante documento sobre a voz, um livro inédito da mais importante fonoaudióloga brasileira”, afirma o presidente do instituto, Nilson Raman.

Print

Tragédia: o mal do nosso tempo - Glorinha Beutenmuller
0 0 0 0 0