Seta

Um instante a pulsar na memória

'Um Instante a Pulsar na Memória' conta a história de Rafaela e Gustavo, grandes amigos que resolvem se casar a despeito de serem, ambos, gays. Para Rafaela - a narradora - o casamento se dá por cortesia e carinho; para Gustavo, por conveniência.

Rafaela, filha de ex-hippies, foi criada de modo muito diferente ao de Gustavo, nascido em uma família de fazendeiros conservadores do interior de Minas Gerais. Portanto, Rafaela é fruto do grande surto libertário derivado da contracultura, quando a sociedade ocidental experimentou uma significativa mudança nos costumes em geral e no comportamento sexual em particular. Gustavo, ao contrário, é fruto da tradição e do moralismo, embora não tenha qualquer identificação com este universo.

Apesar dos históricos tão diferentes, Rafaela e Gustavo conseguem fazer de seu inusitado casamento uma união repleta de cumplicidade e afeto. Juntos, dividem suas vivências, compartilham dores, celebram vitórias, discorrem sobre novos ou antigos amores.

A narrativa em primeira pessoa indica que o propósito de 'Um Instante a Pulsar na Memória' é, primordialmente, revelar o espaço interno de Rafaela. Pensamentos, lembranças, fantasias e sentimentos são mostrados a partir do ponto de vista da narradora, tornando o leitor cúmplice de suas reflexões e experiências.

Um instante a pulsar na memória - Gisele Joras
0 0 0 0 0